Av. Carlos Marques Rollo, nº 854 | Vila Nova - Nova Iguaçu - RJ Tel.: (021) 2797-1050

Notícias

Home » Destaque »


23/08/2018

O TransÔnibus apoia a nota de repúdio emitida hoje pela Fetranspor, sobre o incêndio criminoso a um ônibus da Expresso Real Rio, empresa associada ao Sindicato. Com esse caso, já são 170 ônibus incendiados em todo o Estado do Rio de Janeiro.

Segue a nota da Fetranspor:

A Fetranspor repudia mais um ataque criminoso a ônibus na Baixada Fluminense. Um coletivo fazia a linha Campo Grande x Seropédica, quando foi incendiado na noite de quarta-feira (22/08), no km 34 da Estrada Rio-SP, em Nova Iguaçu. É o 78° ônibus a serviço da população da Baixada queimado por criminosos.

Com este caso, sobe para 170 o número de ônibus atacados de forma criminosa em todo o Estado. Apenas seis foram recuperados. O custo de reposição é cerca R$ 74 milhões. A população é a mais prejudicada com a redução da oferta de transportes. Um ônibus incendiado deixa de transportar cerca de 70 mil passageiros em seis meses, tempo necessário para a reposição de um veículo no sistema. Se somarmos a frota incendiada desde 2016 (170), potencialmente, deixaram de ser transportados mais de 10 milhões de passageiros nesses veículos.

É importante lembrar que a inexistência de seguro para este tipo de sinistro e a crise econômica do setor, que tem feito as empresas perderem gradativamente a capacidade de investimento em renovação da frota, tornam inviável a reposição de ônibus incendiados.

©Copyright TransÔnibus 2017 | Todos os direitos reservados.